Na propriedade localizada no município de Santa Rita do Sapucaí, sul de Minas Gerais, a silagem de grãos de milho reidratado com agua e inoculada com SILOTRATO. Esse material foi depositado em um silo trincheira de alvenaria e aberto com 45 dias após o seu fechamento. Foi aferida a medida de temperatura 30 dias após a abertura, sendo aferido a temperatura interna da massa e na frente do painel da silagem, em dois pontos, na lateral (FOTO 1) e no centro do silo (FOTO 2). Ambas não tiveram variação, demonstrando a estabilidade da massa e controle eficiente pelo SILOTRATO de fungos e leveduras, sendo esses responsáveis pelo aquecimento da massa, causando grande perda do material ensilado. O material apresentava odor agradável, sem presença de cheio alcoólico e coloração amarelada. Consequentemente, a produção de leite desses animais foi maior quando comparado com recebimento do grão de milho seco.

FOTO 1: Temperatura interna e do painel do silo.
FOTO 2: Temperatura interna e do painel do silo.